PESQUISA

Projetos

 

 

Marc Ferrez, Fotografia e Negros no Brasil (2019 – …)

Resumo: A pesquisa pretende, a partir da biografia e trajetória de Marc Ferrez, estudar a fotografia no Brasil do século XIX e as representações de negros e negras no período e na produção do fotógrafo. Para tanto, pensaremos a fotografia moderna no Brasil não apenas como uma forma de documentar um país que alcançava o ápice de sua modernidade, mas também, como narrativas visuais, imagens que além de criar discursos, são em si mesmas um próprio discurso. Serão realizados levantamentos bibliográficos e pesquisa de imagens para contornar o tema estudado.

Acadêmica: Ana Carolina Cecchin Chini.  Orientação: Prof. Igor Simões

Um inventário de Artistas Negres no Rio Grande do Sul (2019 – …)

Resumo: A pesquisa tem como objetivo principal a produção de um inventário que visa conhecer e pensar estratégias curatoriais que promovam artistas negres no Rio Grande do Sul. Para tanto, se propõe a refletir de que formas o quesito raça atravessa a produção desses artistas. Foram realizadas buscas por artigos acadêmicos, materiais pedagógicos e de instituições de arte locais. Além disso a análise metodológica de pesquisas com recorte temático semelhante indica possibilidades de tratamento para os dados coletados em sua fase atual.

Palavras chave: Artistas negres, raça, Rio Grande do Sul

Acadêmicas: Caroline Leite Ferreira e Jordana dos Santos Lima. Orientação: Prof. Igor Simões

Representações de mulheres indígenas no Brasil do século XIX: leituras a partir de Casa Grande e Senzala (2019 – …)

Resumo: A pesquisa busca compreender quem são as indígenas brasileiras do século XIX e como a obra de Freyre influenciou e influencia na leitura de suas representações. Para tanto serão realizados levantamentos bibliográficos e de imagens com objetivo de realizar  leitura e análise.

Palavras Chave: mulheres indígenas, século XIX, representações

Acadêmicas: Aline Chaves e Kerolin Buss. Orientação: Prof. Igor Simões.

Através da Imagem: pesquisar, documentar e dar visibilidade ao acervo de obras fotográficas do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – MACRS (2019 – …)

Resumo: Este projeto de pesquisa tem a intenção de estabelecer parceria com o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – MACRS, focando na pesquisa do acervo de obras fotográficas desta instituição. Tem a intenção de dar início a um convênio entre as duas instituições Uergs e MACRS, pretende constituir parceria com as equipes a fim de pesquisar o acervo de fotografias, criar meios para melhor organizar, categorizar e dar visibilidade a este acervo fotográfico. Palavras-chave: Fotografia, acervo, documentação, exibição.

Coordenação: Profª. Mariane Rotter. Acadêmico bolsista IniCie – Uergs: Raphael Júnior Almeida Batista.

 

O infraordinário como método investigativo em Arte & Educação (2019 – …)

A partir de textos do autor francês Georges Perec (1936-1982) inventar práticas investigativas em arte e educação baseadas no cotidiano. A proposta consiste em leituras, práticas e discussões tanto de Perec, quanto de autores e artistas que tangenciem o cotidiano e o infraordinário, conceito perequiano que será nosso ponto de partida. Pretende-se ao fim do semestre produzir textos e/ou artigos, aulas, oficinas, trabalhos artísticos, publicações e o que mais for gerado. 

Coordenação: Profª. Mariana Silva da Silva. Acadêmicos voluntários: Aline Kauana Cezar, Bruno de Andrade Campos, Fernanda Hilgert, Gustiele Fistarol, Larissa Borges Ferreira, Mariana Souza Couto, Savana Fuhr Flores, Susana Tebaldi Toledo. Mestrandos: Estudantes de Mestrado: Daiane Piccoli (Ufrgs), Marlise do Rosário Machado (Uergs). Egressos da Uergs: Gustiele Fistarol, Lucas Brum, Sandra Rhoden. Professora Colaboradora: Tatiane dos Passos de Oliveira.

 

 Glossário da Imagem (2019 – …)

O projeto dá sequência à composição de um glossário da imagem, atividade iniciada no componente Estudos da Imagem do primeiro semestre da Graduação em Artes Visuais – licenciatura da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs). Visa constituir um conjunto de termos referentes à imagem e que são recorrentes no que se diz, pensa ao lidar com imagens, fornecendo um subsídio de estudo aos acadêmicos da licenciatura em artes visuais. A pesquisa lida com a complexidade produzida entre a seleção e a definição dos termos, a escolha de uma imagem como exemplo e de outra imagem como “contra-exemplo”. Antes de ser apenas o contrário do exemplo, o contra-exemplo faz o tensionamento da própria ação de definir, exercitando essa ação em diferentes níveis de limites e possibilidades.

Coordenação: Profª. Carmen Lúcia Capra

 

A Licenciatura em Artes Visuais em Vídeos Institucionais de Universidades Brasileiras (2018 – …)

Resumo: Visa analisar os modos como a licenciatura em artes visuais é apresentada em vídeos institucionais de universidades brasileiras, realizados para publicidade, a fim de contribuir para o debate sobre a constituição de cursos de licenciatura, especialmente licenciatura em artes visuais, tendo no horizonte a atribuição precípua desse curso: a formação docente para a atuação na educação básica. Os vídeos, em princípio, são veículos de informação e de publicidade das instituições e dos cursos, porém nesta pesquisa serão considerados como narrativas sobre a licenciatura em artes visuais. Eles descrevem, informam e publicizam não apenas o que existe de fato, mas narram ou representam o que neste momento é compreendido como verdadeiro para o curso. O referencial teórico detém-se principalmente em Michel Foucault em conexões com Jacques Rancière, Jorge Larrosa e Jan Masschelein e autores latino-americanos que estudam a educação, como Julio Groppa Aquino, Silvio Gallo e Inês Dussel e Carlos Skliar, além das diretrizes nacionais para o curso. Pretende-se descrever as principais formas de ser e agir atribuídas aos alunos da licenciatura em artes visuais em vídeos institucionais de universidades brasileiras, a fim de problematizar esses modos em relação à agenda da educação escolar. A metodologia compreende o inventário dos vídeos nos canais de universidades no Youtube, a descrição de elementos narrativos (lugares, ações, dizeres) e posterior análise, energizada pela postura teórico-metodológica da problematização foucaultiana (FOUCAULT, 2014). A pesquisa pretende contribuir à reflexão sobre a formação docente em artes visuais, o que tem implicação direta no fortalecimento da presença da arte nas escolas. Palavras-chave:  licenciatura, artes visuais, formação docente, educação básica. Coordenação: Prof. Carmen Lúcia Capra. Colaboradores: Igor Moraes Simões (2018), Daniel Bruno Momoli (2018-2020). Bolsistas IniCie – Uergs (2018): Raphael Júnior Almeida Batista e Jordana dos Santos